Checklist de E-mail Marketing: Passo a Passo

O mundo publicitário está cheio de meios e ferramentas para a divulgação de suas propagandas, tais como outdoors, folhetos, Facebook Ads, entre muitos outros…

Como soltar uma campanha de e-mail marketing

Uma maneira que também é muito famosa pelo seu meio, é o e-mail marketing, que consiste basicamente em campanhas publicitárias enviadas por e-mail. Parece simples, não? Porém, sempre há erros que quase todos cometem, que podem comprometer a imagem da sua campanha e não trazer resultados satisfatórios.

Confira nesse artigo, como disparar um e-mail marketing do jeito certo, a partir de uma checklist!

✓ Planejamento

Antes de qualquer coisa, você precisa se planejar, pois a dependendo de três principais pontos sua campanha pode se diferenciar muito.

Por exemplo, se você quer enviar uma propaganda baseada em newsletters, os seus e-mails podem se complementar, comunicando-se entre si. Por outro lado, se o seu desejo é enviar uma oferta de algum produto, esse e-mail precisa ser muito mais direto, na tentativa de uma verdadeira venda.

✓ Baseie-se no seu público-alvo

O seu público-alvo ditará como vai ser a linguagem presente na campanha, e também em como você abordará diversos assuntos. Dependendo de qual produto/serviço você quer vender, a faixa etária também pode se diversificar muito.

Então, o primeiro passo é definir o seu público, para que toda a campanha não se contradiga, ou não consiga transmitir corretamente sua mensagem.

Dependendo do seu objetivo, diferentes estilos de e-mail podem ser elaborados, para diferentes tipos de público; o que falarei mais para frente.

✓ Crie o conteúdo

O seu e-mail sem dúvidas vai conter algo nele, certo? Então pense bem no que você enviará, focando nos objetivos e pilares de sua campanha. Utilize uma linguagem bastante “não-verbal”, com imagens, cores e outros recursos que chamem a atenção do seu público e que transmitam a ideia desejada.

É importante ressaltar que o conteúdo não irá alterar, independente da segmentação que você utilizar. Somente o modo que você abordará vai se diferenciar.

✓ Crie segmentações

Por último, mas não menos importante, temos a segmentação. Esse ponto é um tanto quanto chave, pois você poderá afetar diversas personas dependendo do modo que você se portar no e-mail.

Crie segmentações que sejam viáveis para sua campanha, podendo se dividir em gênero, faixa etária, localização, interesses ou porte da empresa em que seu público trabalha.

✓ Layout

Certifique-se de que seu e-mail esteja em um layout correto, peça a ajuda de um profissional, que ele fará do modo que você desejar, para evitar qualquer diferença no resultado.

Nessa parte, defina em qual lugar estará a mensagem mais importante da campanha, em qual fonte, tamanho, cor e todos os outros detalhes. Separe corretamente o texto e imagens, para trazer a mensagem certa.

✓ Lista de contatos

Sua lista de contatos é confiável? A empresa que te vendeu a lista tem credibilidade?

Esse quesito é muito importante para o resultado da sua campanha. Verifique se todo o público que receberá o e-mail é a persona desejada, e separe em listas diferentes, dependendo da segmentação que você usar.

Se atingir as pessoas erradas, dificilmente você conseguirá atingir o objetivo desejado.

✓ Opções

O e-mail inclui o “call-to-action”? Você nem faz ideia do que é isso? Tenha calma, esse “palavrão” em inglês quer dizer basicamente uma opção, normalmente um botão, no corpo do e-mail, para a pessoa visitar seu blog, ir para sua página do Facebook, comprar seu produto, etc…

Essa opção não pode faltar no momento em que lerem seu e-mail, pois só assim você receberá resultados. Parece óbvio, mas muitas vezes algumas pessoas acabam esquecendo de inserir o call-to-action, então preste atenção!

Outra opção que precisa existir no e-mail, é o link de cancelamento, em que a pessoa clicará caso não esteja interessada mais em receber  mais nenhum e-mail daquele.

✓ Spam

Você já deve ter notado que várias propagandas caem na sua caixa de spam; e para a sua campanha não acabar do mesmo jeito que muitas por aí, você precisa ter alguns cuidados:

  • Não use pontuações exageradas (!!!!!!!??????????”);
  • Evite usar cores muito vívidas na fonte, como vermelho, verde ou brilhante;
  • NÃO UTILIZE TÍTULOS COM LETRAS MAIÚSCULAS, VOCÊ NÃO ESTÁ GRITANDO!
  • Nunca coloque o título do e-mail como “teste”.

Ademais dessas dicas, procure nos e-mails da sua caixa de spam elementos parecidos entre si, para evitar o uso quando você estiver elaborando sua propaganda!

✓ Sua campanha aparecerá corretamente?

Antes de disparar, atente-se em como sua campanha aparecerá no recebimento do e-mail. Verifique em provedores como Outlook, Gmail, Yahoo!, em versões mobile, e em diversos outros meios.

Outra dica é não utilizar apenas imagens! Por quê? Pois os provedores de e-mail bloqueiam o aparecimento de imagens nas mensagens lotadas com isso; e você quer que vejam todo o conteúdo do e-mail, não é mesmo?

✓ Título

Um ponto bem importante, aparentemente bem simples, é o título do e-mail. Certifique-se de que o título da sua mensagem aparecerá inteiro na caixa de entrada, e também se está convincente e convidativo.

Cuidado! Não peque nesse quesito, pois os marqueteiros de grandes empresas realizam muitos testes para verificar se o título do e-mail é o melhor para ser utilizado.

Um exemplo disso foi a campanha “Hey” de Obama, em que o profissional responsável fez testes intensivos até encontrar um simples “Hey” como o melhor título. Não parece nada, mas essa campanha arrecadou aproximadamente U$690 milhões em apenas um disparo!

✓ Finalização

O último passo a se fazer antes de disparar é revisar. Verifique se no conteúdo não há nenhum erro de digitação, de gramática, ou até mesmo se sua ideia está sendo transmitida corretamente.

Também teste todos os links do e-mail. Um link quebrado pode comprometer sua campanha!

Feito isso, agende disparos em um período viável e que comece sua campanha!

E depois?

Depois do disparo, o seu trabalho ainda não termina! Monitore algumas métricas de E-mail marketing, tais como Taxa de Abertura, Taxa de Cliques e Taxa de Conversão.

Acompanhe os resultados e verifique se estão de acordo com o planejado. Caso não estejam, arrume os pontos necessários e continue! O seu sucesso só depende de você!

About the Author: Espalhando Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *